A- A A+

Sob o tema: “Como promover uma efetiva integração entre formação geral e formação técnica no currículo dos cursos integrados?”, a palestra realizada pelo professor Dr.  Celso Ferretti, a convite da Comissão para Elaboração de Novos PPC’s dos Cursos Técnicos Integrados ao Ensino Médio, no dia 6 de abril, no Câmpus São Paulo do IFSP,  foi recheada de boas e novas sugestões e questões para os docentes, servidores e alunos presentes.

 

O profº Ferretti enfatizou a diferença entre grade curricular e currículo. Pois a grade curricular é burocrática e currículo não é apenas o acontece dentro da sala de aula. Um filme que é transmitido, uma peça teatral ou um projeto de extensão, por exemplo são formas de currículo e não pode limitar-se a hora/aula. "E o trajeto para quebrar esse vício é muito longo e muito penoso", disse ele.

O professor disse também que qualquer proposta curricular é uma proposta política e que não há neutralidade no currículo e que o primeiro trabalho aprofundado que o Câmpus São Paulo pode fazer é "se perguntar": O que o câmpus quer fazer e qual a consistência interna? O que queremos de Educação? Que opção político-pedagógica vamos seguir? Que perfil de aluno queremos formar? E a partir daí aceitar o hibridismo das opiniões e visões diferentes e até mesmo antagônicas.

 Segundo Ferretti, a grade currilar político-pedagógica do governo é muito ampla por ter de atingir toda a sociedade, mas apesar de a proposta vir do MEC, podemos inventar o jeito de fazer. Como sugestão, aconselhou o câmpus propor um projeto piloto com um curso apenas. E para isso será necessária uma formação específica dos professores envolvidos nesse projeto.

Outro ponto bem abordado pelo professor foi sobre o currículo integrado, pois existe a necessidade de unir a formação geral e a específica, pois há um conjunto de elementos a serem pensados antes de montar 

a grade curricular. Como sugestão de leitura para esse tópico, citou Marice Ramos que trabalha com a ideia da concepção de trabalho, no sentido ontológico. O trabalho é a forma pela qual existimos hoje. Foi e é 

através do trabalho que a sociedade se desenvolveu e continua a se desenvolver.

O professor Ferretti indicou ainda outras sugestões de leitura para o tema em questão: a prof. Drª Lucília Machado, que trata de Educação 

A palestra teve início às 14h30, no auditório da Eletrônica e, após às 16h, abriu-se espaço para perguntas e debates.Profissional e Tecnologia; o prof. Drº Dante Moura, do IFRN e do prof. Drº Ronaldo Lima de Araújo, da UFPA.

 

Leia também:
Comissão de PPCs convida a comunidade IFSP para palestra com professor Ferretti dia 6