Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Projeto "Cultura Brasileira para Crianças Imigrantes" encerra segundo ano de atividades

Publicado: Sexta, 30 de Novembro de 2018, 12h44 | Última atualização em Quinta, 13 de Dezembro de 2018, 13h23

Atividades direcionam as crianças a conhecer a cultura brasileira

Casa das Rosas

O projeto "Cultura Brasileira para Crianças Imigrantes", realizado no Câmpus São Paulo pelo IFSP em parceria com o Coletivo “Sí, Yo Puedo”, finalizou no sábado, dia 24 de novembro, as atividades de 2018 com uma visita à Biblioteca e ao Parque Villa Lobos, na capital paulista.

Desenvolvido pelo segundo ano consecutivo, o projeto acolhe crianças imigrantes ou filhas de imigrantes de 9 e 13 anos em torno de atividades que proporcionam a aplicação do repertório construído em torno de vários aspectos da cultura brasileira, de modo a despertar a curiosidade e o interesse dos participantes.

Realizados aos sábados, os encontros são pautados na ludicidade com o objetivo de conquistar o interesse e a ampla participação de todos. As atividades são planejadas por temas. A cada mês, são realizados três encontros no Câmpus São Paulo e um encontro externo para discutir o tópico em questão.

20180519 104142

Entre os meses de maio a novembro, foram abordados os seguintes assuntos: Ciências, Migração, Sensações e Emoções, Folclore, Esportes e Saúde, Profissões e Consciência. Entre os locais visitados, estão: Planetário e Escola de Astrofísica do Parque do Ibirapuera, Museu da Imigração, Japan House, Casa das Rosas, Sesc Avenida Paulista, Sesc Belenzinho, Centro Esportivo Tietê, Casa do Povo, Museu dos Transportes e Biblioteca e Parque Villa Lobos.

O projeto conta com a coordenação das servidoras da reitoria Danielle Yura e Rocio Quispe Yujra, com a supervisão pedagógica das docentes Michelle da Rocha Laranja (Câmpus São Paulo) e Helena Esteves de Camargo (voluntária externa), em parceria com o Coletivo “Sí, Yo Puedo”, representado por Veronica Quispe Yujra. As bolsistas Caroline Casimiro Ramos (licencianda em Geografia) e Biana Politto de Sá (licencianda em Matemática) são as responsáveis por organizar e conduzir os encontros. Outros voluntários contribuíram para o desenvolvimento do projeto nesses dois anos.

Casa do Povo Centro Esportivo Tietê

A coordenação observa que as crianças participantes demonstram maior interesse, curiosidade e participação a cada encontro. “A maioria das crianças teve a oportunidade de frequentar os locais visitados pela primeira vez durante o projeto. Com a intensa carga de trabalho dos pais e a dificuldade de custear transporte e alimentação para a família nos passeios, entre outras restrições, são raras as possibilidades que as crianças têm de conhecer esses espaços de cultura e lazer, mesmo tendo a entrada gratuita”, avalia Danielle. “Além disso, aqui no projeto discutimos temas de maneira interdisciplinar nem sempre abordados durante as aulas regulares nas escolas. Aqui eles têm voz, suas necessidades e interesses são ouvidos e discutidos coletivamente”, completa.

O projeto será novamente submetido para o edital de Extensão para o ano de 2019 e espera receber, mais uma vez, o apoio da comunidade latino-americana, público-alvo do projeto. Servidores e alunos do Câmpus São Paulo interessados em integrar o projeto podem enviar e-mail para inscricoesifsp@gmail.com.

registrado em:
Fim do conteúdo da página