Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Alunos do mestrado do IFSP apresentam trabalho em Congresso de Robótica na China e são premiados

Publicado: Sexta, 09 de Agosto de 2019, 10h57 | Última atualização em Sexta, 23 de Agosto de 2019, 10h30

O evento aconteceu na cidade de Guangzhou, China.

china01

Os alunos Bruno J. dos Santos e Rafael T. Palma do curso de mestrado acadêmico stricto sensu em Engenharia Mecânica, Materiais e Processos de Fabricação campus São Paulo do Instituto Federal de São Paulo, tiveram seus trabalhos de pesquisa aprovados no “4th ICRCA - International Conference on Robotics, Control and Automation”, congresso de robótica que aconteceu entre os dias 26 e 28 de julho de 2019 na cidade de Guangzhou, China.

Os trabalhos apresentados estão sendo orientados pelos professores Eduardo Bock e Tarcisio Leão e são oriundos das pesquisas realizadas no Laboratório de Bioengenharia e Biomateriais (BIOENG) e Laboratório de Automação para a Vida (LAV) em parceria com a empresa SPI - Integração de Sistemas Ltda e Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, dentro de um projeto de fomento da CAPES (PGPTA 88887.123938/2014-00) para Tecnologias Assistivas em conjunto com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e a Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).

O trabalho “Intelligent Control based on Fuzzy logic embedded in FPGA applied in Ventricular Assist Devices (VADs)” do aluno de mestrado em engenharia mecânica e graduação em engenharia eletrônica Bruno Jesus dos Santos foi premiado como melhor trabalho em apresentações orais.

Segundo o Prof. Eduardo Bock, receber um prêmio de robótica na China é altamente relevante para o Brasil pela sua atual importância econômica e produtiva nas áreas de tecnologia, computação, microeletrônica e comunicação.

A China é a segunda maior economia global e, atualmente, produz boa parte dos aparelhos de alta tecnologia para o resto do mundo, como microprocessadores e aparelhos de telefonia celular, inclusive para os fabricantes ocidentais. Com proporções gigantescas e cultura milenar, a China representa bem a quarta revolução industrial que estamos vivendo, onde a conectividade é presenciada desde atividades financeiras comuns do cotidiano até a flexibilidade da produção e as estratégias de logística num mundo globalizado.


Site oficial do congresso ICRCA 2019: http://icrca.org/ 

registrado em:
Fim do conteúdo da página