Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Seleção de alunos bolsistas: "“PertenSer: Construção de Interculturalidade com crianças migrantes”

Publicado: Sexta, 14 de Fevereiro de 2020, 15h01 | Última atualização em Quinta, 05 de Março de 2020, 12h12

Projeto de Extensão “PertenSer: Construção de Interculturalidade com crianças migrantes” trabalha questões da educação numa perspectiva intercultural, tendo como prioridade despertar o sentimento de pertencimento entre os participantes e o amadurecimento profissional e social da comunidade interna do IFSP. Serão oferecidas aulas e atividades para crianças de 9 a 12 anos, imigrantes ou filhas de imigrantes de qualquer nacionalidade.

Os bolsistas participarão de encontros pedagógicos semanais (no próprio câmpus ou em espaços públicos de cultura, educação e lazer da cidade de São Paulo) e de encontros formativos com os professores orientadores e convidados. As atividades ocorrerão aos sábados, das 8h30 às 14h e, durante a semana, em horário a combinar.

A seleção para vagas de bolsistas são para alunos(as) matriculados(as) em cursos de graduação (licenciatura, bacharelado e tecnólogo) e alunos(as) do Ensino Médio (a partir do 3º ano).


A SELEÇÃO dos bolsistas acontecerá em duas etapas, sendo:
 
Primeira etapa
Os interessados devem enviar e-mail, até 27/02/2020, informando sua área de interesse, currículo e as disponibilidades de horário, durante a semana, para reuniões.
*Candidatos(as) para atuarem na área 1 (“Língua e Linguagens”), enviar e-mail com as informações pedidas para Profa. Cibelle: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..
*Candidatos(as) para atuarem na área 2 (“Letramento Literário e Interculturalidade”) ou na área 4 (Organização e Divulgação), enviar e-mail com as informações solicitadas para Profa. Michelle: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..
*Candidatos(as) para atuarem na área 3 (Práticas corporais e educação intercultural”), enviar e-mail com as informações solicitadas para Prof. Daniel: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..
 
Segunda etapa
Será feita uma entrevista no dia 29/02 (sábado), na sala 304 (bloco A), com horário a definir.

Os candidatos devem indicar na inscrição o interesse por uma das quatro ÁREAS, cujos objetivos são:

“Língua e Linguagens” (DUAS VAGAS):
Bloco 1: Línguas do Brasil
- Conhecer a/as línguas faladas pelas crianças do projeto e seus familiares.
- Tratar da história da Língua Portuguesa, das línguas do Brasil (Língua Portuguesa, línguas indígenas e quilombolas).
- Conhecer quais línguas indígenas existem no Brasil, com foco para línguas indígenas do estado de São Paulo.
- Observar, a partir de leituras e de vídeos, que o português brasileiro, possui variações, que podem ocorrer de acordo com o contexto comunicativo (variação diafásica), de acordo com a região (diatópica) ou de acordo com os grupos sociais (diatrástica). Refletir sobre o prestígio e sobre o preconceito que sofrem determinadas variações e refletir sobre a relação entre preconceito linguístico e preconceito racial e/ou social.
- Conversar sobre o “português que falamos”, refletindo sobre nossa trajetória, influências e preferências.
- Visitar o Museu da Língua Portuguesa, a fim de ampliar e consolidar as reflexões realizadas em nossos encontros.
Bloco 2: Povos Indígenas
- Aprofundar a questão das línguas indígenas no Brasil; conhecer aspectos da cultura e literatura infantil indígenas no Brasil (SALES, 2019).
- Tratar, a partir da experiência das crianças, das línguas indígenas existentes na Bolívia (ou de outros países) e estudar aspectos dessa cultura a fim de valorizar língua e cultura das crianças migrantes.
- Contar histórias e realizar rodas de conversa sobre a identidade indígena no Brasil e na Bolívia.
- Visitar aldeia indígena ou Museu relacionado à cultura indígena, com o propósito de ampliar e consolidar as reflexões realizadas em nossos encontros.
 
“Letramento Literário e Interculturalidade” (DUAS VAGAS):
- Realizar leituras de obras literárias oriundas de diferentes culturas, levando em consideração os contextos de produção, para contribuir com a compreensão da interculturalidade.
- Desenvolver, com os alunos bolsistas, reflexões acerca da escolarização da Literatura, pensando em práticas pedagógicas relevantes para a formação de leitores.
- Criar estratégias de Letramento Literário, valorizando diferentes etapas de leitura: desde a decodificação e compreensão, até a leitura interpretativa e crítica das crianças, que serão estimuladas a interagir com obras de diferentes gêneros e estilos para que reconheçam a leitura como uma prática social significativa.
- Relacionar, sempre que possível, a leitura literária com a leitura de outras linguagens artísticas, como a música, o teatro, o cinema, as artes plásticas, a fotografia, etc., inclusive por meio de visita a exposições diversificadas.
 
“Práticas corporais e educação intercultural” (DUAS VAGAS):
- Pesquisar manifestações da cultura corporal de diversas regiões do mundo, com ênfase para as danças, lutas, jogos, ginásticas, esportes, jogos e brincadeiras de matriz africana e indígena;
- Problematizar os aspectos históricos, políticos, sociais, econômicos e culturais que atravessam as manifestações da cultura corporal;
- Vivenciar práticas corporais de diferentes culturais;
- Visitar espaços culturais que tematizam as manifestações da cultura corporal (museu do futebol, museu afro, exposições no SESC, etc.);
- Descolonizar as mentes dos participantes sobre a cultura das danças, ginásticas, esportes, lutas, jogos e brincadeiras;
- Ampliar a leitura de mundo dos bolsistas e das crianças sobre os conhecimentos que fazem parte das manifestações da cultura corporal;
- Romper com os preconceitos relacionados com a diversidade cultural a partir de discussões e debates relacionados com as manifestações da cultura corporal.
 
Organização (UMA VAGA) e Divulgação (UMA VAGA):
- Organizar encontros educativos que envolvam as três áreas anteriores (reserva de sala, busca de patrocínio e parcerias, seleção de materiais, preparo da alimentação, etc.);
- Criar ambientes virtuais para a divulgação de todas as ações educativas do projeto;
- Participar das reuniões de formação sobre interculturalidade e educação.

RESULTADO

04.03.2020 - Resultado da Seleção dos Bolsistas

registrado em:
Fim do conteúdo da página