Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
ARTIGO

Professor da área de construção civil publica artigo fruto de pesquisa realizada em parceria com o Instituto de Arquitetura e Urbanismo da USP

Publicado: Terça, 05 de Janeiro de 2021, 12h59 | Última atualização em Terça, 05 de Janeiro de 2021, 13h02

O professor dos cursos de Arquitetura e Urbanismo e do técnico em Edificações do Campus São Paulo Juliano Pita publicou artigo que apresenta e discute resultados parciais de uma pesquisa em andamento sobre o desenvolvimento de aplicativos computacionais conectados a programas computacionais de Building Information Modeling (BIM), visando a participação de atores não-técnicos em processos de tomada de decisão para projetos de equipamentos públicos.

De acordo com o Pita, a ideia é remover as barreiras de comunicação no processo de projeto de obras públicas usando a tecnologia para que pessoas sem formação específica em construção civil possam compreender o projeto e dialogar em igualdade de condições com os outros atores.

A pesquisa que resultou no artigo está sendo realizada junto ao grupo Nomads.usp do Instituto de Arquitetura e Urbanismo da USP, incluindo professores, doutorandos e graduandos, e espera contribuir para a formulação e aplicação de políticas públicas nos setores envolvidos. O projeto deriva de resultados e conclusões de diversas pesquisas realizadas no grupo ao longo dos últimos 17 anos sobre temas como processos de design auxiliados pela computação, modos de vida e o conceito ampliado do habitar, ações culturais utilizando meios digitais, e o entendimento de processos de projeto como sistemas complexos.

O artigo foi publicado na revista Design e Tecnologia (UFRGS), que possui qualis A2.

Para acessar o artigo, clique aqui.

 

Resumo do artigo

A pesquisa propõe a construção de um aplicativo de base web no qual possa realizar-se a colaboração remota entre técnicos e não-técnicos em processos de projeto arquitetônico. O artigo situa a relevância de tal colaboração em países recentemente industrializados em que a participação da população em decisões do Poder Público tem sido reivindicada por vários grupos, faz uma revisão das principais características do BIM, descreve a metodologia utilizada na pesquisa, e apresenta a proposta de aplicativo computacional em curso de desenvolvimento, com posterior descrição de experimentos práticos voltados a aprimorar e validar a proposta da plataforma. Por fim, estabelece relações entre a fundamentação da pesquisa e as observações realizadas, estabelecendo revisões e futuros direcionamentos no desenvolvimento da pesquisa.

Fim do conteúdo da página