Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Destaques > Professor do DME obtém título de livre-docente
Início do conteúdo da página

Professor do DME obtém título de livre-docente

Publicado: Segunda, 01 de Abril de 2019, 10h54 | Última atualização em Segunda, 03 de Junho de 2019, 15h52

Título concedido apenas para portadores do título de doutor,  atesta uma qualidade superior na docência e na pesquisa. 

 O professor doutor Givanildo Alves dos Santos, docente e pesquisador no Departamento de Mecânica do Câmpus São Paulo (DME/SPO), obteve o título de livre-docente junto ao Departamento de Engenharia Mecânica – PME – na especialidade “Comportamento e seleção de materiais para Engenharia Mecânica” pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (EPUSP), homologado no último dia 20 de março.

Docente e pesquisador do Departamento de Mecânica do Câmpus São Paulo, desde abril de 2007, atualmente é coordenador do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Engenharia Mecânica.

O docente tem experiência na área de Engenharia Mecânica e de Engenharia de Materiais e Metalúrgica, atuando principalmente nos seguintes temas: tecnologia dos materiais, desenvolvimento de produto e processos de fabricação mecânica. Autor do livro Tecnologia dos Materiais Metálicos da série Eixos, tradutor do livro Principles of Modern Manufacturing, 5th Edition SI Version, Mikell P. Groover (1024 pages) e revisor técnico dos dois volumes gerados a partir desta obra, denominados Fundamentos da Moderna Manufatura- volume 1 e Fundamentos da Moderna Manufatura- volume 2.


Livre-docência é um título concedido no Brasil por uma instituição de ensino superior, mediante concurso público aberto, desde 11 de setembro de 1976, apenas para portadores do título de doutor, e que atesta uma qualidade superior na docência e na pesquisa.

O concurso de livre-docência é aberto por edital e o candidato inscrito deverá, além de submeter-se a uma prova escrita e a uma prova didática, desenvolver também uma tese monográfica ou cumulativa sobre um tema acadêmico e defendê-la perante uma banca examinadora. Dependendo da área, uma prova prática pode também ser exigida no concurso de livre-docência.

A livre-docência é regulada pelas Lei nº. 5.802/72 e nº. 6.096/74 e pelo Decreto 76.119/75 e pelo Parecer 826/78 do extinto Conselho Federal de Educação.


Resumo do currículo

(http://lattes.cnpq.br/0046237693009702):

- Pós-Doutorado na área de Ciência e Tecnologia dos Materiais realizado no Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares- IPEN (2016);

- Doutor em Engenharia Aeronáutica e Mecânica pelo ITA-Instituto Tecnológico de Aeronáutica (2009);

- Mestre em Engenharia Aeronáutica e Mecânica pelo ITA-Instituto Tecnológico de Aeronáutica (2005);

- Especialista em Gestão Pública pela UCDB- Universidade Católica Dom Bosco (2013);

- Graduação em Engenharia de Produção em andamento pela Universidade Virtual do Estado de São Paulo (UNIVESP)

- Graduado em Formação Específica em Fundamentos de Tecnologia e Ciências Exatas pela Universidade Virtual do Estado de São Paulo - UNIVESP (2016);

- Graduado em Licenciatura em Mecânica pelo IFSP- Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (2013);

- Graduado em Tecnologia Mecânica - modalidade Processos de Produção pela Faculdade de Tecnologia de São Paulo (FATEC-SP) CEETEPS (2000);

- Técnico em Mecânica pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, SENAI-SP (1998).

registrado em:
Fim do conteúdo da página